ANEEL anuncia bandeira verde para setembro

Pelo quinto mês consecutivo a Bandeira Verde é acionada para todos os consumidores brasileiros.


FONTE: Freepik.


Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou que para o mês de setembro permanece vigente a bandeira tarifária verde. De acordo com a Agência, essa medida “reflete boas condições de geração de energia elétrica, mesmo considerando previsão de crescimento do consumo de energia no país.” A bandeira verde será válida para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SNI).


Bandeiras Tarifárias


De acordo com o Ministério de Minas e Energia, o sistema de bandeiras tarifárias (programa criado pela ANEEL) sinaliza o custo real da energia gerada. Desta forma, os consumidores podem gerenciar corretamente o uso de energia elétrica, especialmente quando as condições de geração não são favoráveis.

Além disso, as bandeiras tarifárias dão transparência ao custo real da energia. Antes, os consumidores não sabiam que a conta de energia estava mais cara, dificultando o seu gerenciamento. Com o sistema implantado, eles podem se programar para ter um consumo mais consciente. Pois, se a bandeira está vermelha, ele sabe que é conveniente economizar e evitar o desperdício de energia.

Segundo a CNN Brasil, a bandeira VERDE aparece na conta de luz quando há condições favoráveis para a geração de energia. Não acrescentando nenhum valor tarifário para o consumidor. A bandeira AMARELA sinaliza que algumas condições que encarecem a geração de energia começaram a aparecer. Desta forma, a tarifa passa a ter um acréscimo de R$ 1,874 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido no mês. A bandeira VERMELHA sinaliza uma piora nas condições de geração de energia. Nesta bandeira existem dois patamares, o 1º há um acréscimo de R$ 3,971 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumido no mês. Já o 2º patamar o acréscimo é de R$ 9,492 para cada 100 quilowatt-hora. Por último temos a bandeira ESCASSEZ HÍDRICA, criada em 2021, ela representa um aumento de R$ 14,20 a mais para cada 100 quilowatt-hora consumido.


"Faça sua parte, seja sustentável, seja Ambiente-se."


Fontes

www.gov.br/mme/pt-br

www.cnnbrasil.com.br/

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo