União Europeia pretende banir carros a combustão até 2035

Medida aprovada na quinta-feira (27/10) segue o acordada na COP26 e faz parte de medidas contra o aquecimento global.



Essa medida cumpre com o que foi acordado entre nações e montadoras na COP26. Tal ação prevê o banimento de automóveis movidos a diesel e gasolina, sendo uma grande oportunidade de mercado para automóveis elétricos e a biocombustíveis.


“Estamos acompanhando uma transformação no segmento da mobilidade urbana e a União Europeia está dando um grande passo no caminho para o futuro”, conta Ricardo David, sócio diretor da Elev, empresa do setor de mobilidade elétrica. Segundo ele, o mundo só tende a ganhar com a nova mudança.


Informações divulgadas pela Reuters mostram que os países da União Europeia, o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia acordaram que as montadoras precisam eliminar 100% das emissões de CO2 até o ano de 2035, algo que torna impossível vender novos automóveis movidos a combustíveis fósseis nos 27 países que compõe o bloco.


Ainda segundo as informações da Reuters, o novo acordo também inclui um corte de 55% de emissões de CO2 para novos automóveis vendidos em 2030, em comparação com os níveis de 2021. Algo que é muito superior ao objetivo anterior, de 37,5% de redução até o final do mesmo período.


Créditos da Matéria: www.ciclovivo.com.br

Fonte: https://ciclovivo.com.br/arq-urb/mobilidade/uniao-europeia-pretende-banir-carros-a-combustao-ate-2035/

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo